Me paga um café?

///Me paga um café?

Ontem acompanhei um amigo ao hospital, para efetuar um exame simples de check-up. Enquanto aguardava, dirigi-me à cafeteria do local para beliscar alguma coisinha. No elevador a caminho da tal cafeteria, uma senhora, tão simpática quanto desconhecida para mim, me perguntou com um sorriso: Você me paga um café?

Confesso que até fiquei em dúvida se era comigo, tal a espontaneidade da frase. E conversa vai, conversa vem, a simpática senhora disse que chamava-se Luuuuu…cyyyyyy….

Eu perguntei: Lucy? Mas ela disse:

Não, repita comigo: Luuuuu….

Querendo ser também simpática eu disse: Luuuuu….. (Experimente!)

E agora: Cyyyyyy….

(Repita também: Cyyyyyyyy….)

– Pronto, você acaba de dar um sorriso! – disse a simpática senhora de 81 anos.

Como é bom encontrar pessoas especiais assim como a Dona Lucy! Que também confessou de uma forma marota como ela, que não se sentia com 81 anos, mas com apenas 1! O coração aberto, a espontaneidade e a coragem de abordar os outros sem medo de ser feliz. Ah… e o café? Ela gentilmente recusou. Mero pretexto para espalhar a alegria.

Este história é real e este artigo é para você, Dona Lucy, desejo ainda muitos anos coloridos e cheios de graça alegrando as pessoas que tiverem a sorte de encontrá-la por aí. Eu tive.

 

 

2014-10-31T13:33:37-03:00

One Comment

  1. […] além dos benefícios naturais do item acima, é considerada uma prática para o corpo e a alma, e suas posições são ótimas aliadas para equilibrar seu Sistema de Chacras. Alongamentos […]

Leave A Comment