Este é o segundo artigo de uma série explicativa sobre os planos reencarnatórios. Caso não tenha lido a primeira parte, sugerimos que a leia antes:  SOBRE PLANOS REENCARNATÓRIOS – PARTE 1: CONTRATOS COMPULSÓRIOS.

“Queridos Irmãos,

Aqui retorno para explicar novas formas de contrato com os quais se comprometerem na assinatura de seus planos reencarnatórios. Sei que para alguns os contratos compulsórios soaram demasiados cruéis, especialmente para aqueles que convivem com irmãos queridos que passam por tais provações. Nosso intuito, ao passar estas mensagens, nunca o é de causar preocupação, mas de elucidar os irmãos para que entendam um pouco do que acontece, fora da ilusão à que chamam de vida na Terra.

Os próximos contratos a serem explicados serão os Contratos Básicos e os Contratos Avançados.

Primeiramente entendam que, de acordo com o número de anos previsto para sua existência encarnada – determinado em seus contratos compulsórios – cada um de vocês tem uma linha de vida. Imaginemo-las como uma reta horizontal, de forma a melhor compreender o que aqui exemplificarei.

Os contratos compulsórios de eventos, citados no artigo anterior, já tem uma data fixa marcada e sua manifestação se dará na data assinalada em suas linhas de vida. Isso é importante saber pois, nem todos os contratos tem uma data marcada. E aí entram os contratos básicos, os quais explicarei a seguir.

Contratos Básicos

Estes contratos, meus irmãos, são o que consideramos pequenas oportunidades de crescimento. São pessoas que se comprometeram a lhes ajudar, e que no momento certo, entrarão em suas vidas, na forma de professores. Não entendam o termo professor como profissão terrestre, mas um professor como uma pessoa que lhe passará uma importante lição de vida. Aqui se encaixam as pessoas com os quais se envolverão e criarão conexões, geralmente temporárias, como amigos, colegas de trabalho, ou envolvimentos ditos sentimentais. Geralmente são de curta duração, pois os contratos básicos são bem objetivos em suas lições. São pessoas que passam por suas vidas, e deixam uma lição. Estes contratos simples são sempre recíprocos, ou seja, ambas as partes crescerão deste encontro, seja através de lições aprendidas ou da oportunidade de passar um conhecimento.

O interessante dos contratos básicos é que eles não tem data fixa para ocorrer. Podem ser adiantados ou adiados, conforme o decorrer de suas vidas. Por vezes podem nem ser necessários. São como cartas extras no jogo de suas vidas, podendo assumir um papel principal, ou como coringas, adquirindo a função necessária para aquele momento.

Não pensem pois, que são apenas aprendizados positivos. Muitos o são. Na realidade, todos o são, mas a forma como os encaram pode determinar se os sentirão como positivos ou negativos. Muitos contratos trarão pessoas que atuarão como espelhos, como os mesmos vícios e defeitos que lutam para corrigir, e assim os farão refletir, mesmo que com extremo desconforto, para que tenham a oportunidade de transmutação dos mesmos sentimentos.

Cada carta coringa que lhe é dada é uma oportunidade. Cada pessoa que entra em suas vidas é uma benção. Estão aqui, caros irmãos, para aprender a enxergar a si mesmos, a se amar, e para isso tem à sua disposição toda uma rede de apoio, que também se utiliza de sua presença para evoluir.

A busca da evolução, meus caros, essa é a chave para cumprir estes contratos todos. Com amor no coração, e um sorriso nos lábios, para que a Luz que existe no âmago de vocês possa ser limpa de tantas camadas de sujeira e pó acumuladas, ofuscando brilho tão intenso.

Pois estes são, meus irmãos, os contratos simples. Retornarei em outra ocasião para falar dos contratos avançados, pois aqui já lhes deixo bastante material para reflexão. Fiquem em paz meus irmãos.

Aqui me despeço,”

– Acácio, dos arquivos akáshicos sobre planos Reencarnatórios Terrestres – Categoria Seres Humanos. Membro da Fraternidade Branca Universal.

Autor/Fonte: Acácio, da Fraternidade Branca Universal
Local e Data: São Paulo, 03/05/2016
Canal: Mirela

SOBRE PLANOS REENCARNATÓRIOS:

PARTE 1: CONTRATOS COMPULSÓRIOS
PARTE 2: CONTRATOS BÁSICOS
PARTE 3: CONTRATOS AVANÇADOS

Comentários:

comentários