Trabalhos Holísticos e Espirituais

Toda prática espiritual com objetivos mais elevados, independentemente do seu caráter de doação ou não, conta com uma equipe de apoio espiritual. São grupos de entidades que se voluntariam para auxiliar aquele terapeuta/médium, no despertar do cliente/assistido. Mesmo que as pessoas sendo atendidas não possuam uma crença no mundo espiritual, ainda assim este apoio existirá.

O tamanho do apoio varia, representando uma equação mais complexa, que leva em conta o merecimento e capacidade do terapeuta/médium, assim como o merecimento do cliente/assistido.

Por exemplo, imagine que uma pessoa procura uma sessão de reiki, com o intuito de sanar um problema específico de saúde. E digamos que ela busque um terapeuta holístico que têm o merecimento, o veículo adequado, e o conhecimento para atuar energeticamente naquela questão. O resultado seria positivo. O positivo, porém, varia de acordo com os aprendizados necessários para aquela pessoa. Muitas vezes, o simples desequilíbrio inicial já lhe causou reflexões que foram o aprendizado necessário. Neste caso, os resquícios deletérios seriam limpos com facilidade, cabendo então ao atendido vigiar para não recorrer naqueles mesmos padrões antigos de pensamento que originaram o sintoma físico.

Porém, nem sempre assim ocorre a limpeza imediata. Muitas vezes, a questão é um processo cármico pelo qual a pessoa precisa passar, ou pode ser um processo que já se cristalizou de tal forma – devido ao tempo ou à intensidade dos pensamentos negativos originais – que necessitam de um trabalho mais intenso para a reversão ao estado natural de equilíbrio. A doença muitas vezes é um instrumento para grandes aprendizados, pois forçam uma reação baseada na fé, e com obstáculos tão visíveis como dolorosos. Neste caso, perguntariam então, de nada adiantaria continuar o atendimento? Pelo contrário, porém tendo em mente que será um processo gradual, e que caberá também ao assistido fazer a sua parte, o seu trabalho interno de melhoria. Neste caso as terapias e tratamentos holísticos irão atuar pouco a pouco nas questões originárias do desequilíbrio, nos bloqueios emocionais e mentais, e naqueles padrões antigos e enraizados, limpando o caminho para que aquele assistido tenha ferramentas para superar aquele obstáculo com mais facilidade, passando pelo seu aprendizado com uma dose extra de motivação e energia.

Pois então vamos a um segundo caso. Um terapeuta/médium que não tem vivido de acordo com preceitos do bem, e carrega energias que não são das mais sutis. Faz o trabalho tão somente para o seu benefício material próprio, não contendo em seu coração a real empatia e a caridade nos sentimentos. Neste caso, seus atos não permitem que ele atinja padrões mais elevados de cura, tornando seu campo de ação mais limitado. Mas e se o cliente/assistido for merecedor? No caso apesar do trabalho do médium ter certa limitação, ele não sairá prejudicado, pois que a equipe espiritual o acompanhará após o atendimento, auxiliando-o desdobrado no que for possível, e em alguns casos guiando-o para outros tratamentos que o auxiliarão de forma mais profunda.

É imperativo ressaltar que, se não sabemos nunca o alcance total de um trabalho espiritual, também devemos lembrar que a Lei Universal preza pelo equilíbrio sempre, e todos recebem aquilo que semearam, em algum momento.

Egrégoras Espirituais

Todo trabalho feito com constância e seriedade, também cria uma egrégora ao seu redor. Afinal, o que é uma egrégora? Egrégora é como se denomina a força espiritual criada a partir da soma de energias coletivas (mentais, emocionais) fruto da congregação de duas ou mais pessoas. O termo pode também ser descrito como sendo um campo de energias extrafísicas criadas no plano astral a partir da energia emitida por um grupo de pessoas através dos seus padrões vibracionais. Estas podem ser pequenas ou enormes, dependendo do número de pessoas conectados à ela, assim como a intensidade e da força dos seres encarnados e espirituais que a formam. Quanto mais tempo e dedicação à um serviço ou ideal, maior e com mais força de influenciação ela terá. Por isso que, antes de tudo, um trabalho espiritual correto necessita ser feito com muito, mais muito amor, para alimentar estes sentimentos na egrégora.

São as qualidades positivas desta egrégora, que irão determinar seu poder de atuação nos clientes/assistidos. Algumas egrégoras são formadas por milhões de entidades/encarnados. Por exemplo, uma religião formará uma egrégora gigantesca. Existem as egrégoras “gerais”, e as egrégoras específicas. Um centro espírita terá sua própria egrégora específica, formada pelo conjunto de energias/pensamentos daquele grupo. Um terapeuta holístico, mesmo que atue sozinho, pode contar com uma egrégora forte, desde que suas intenções e pensamentos sejam baseados no amor. Pois desta forma, ele nunca estará sozinho, e atrairá para si uma equipe espiritual que o auxiliará, contribuindo para que aquela egrégora seja forte também.

Entendam, pois, que a qualidade dos sentimentos é muito mais determinante para a força positiva daquela egrégora, do que a quantidade de pessoas que participam dela. Aqui, nosso objetivo é focar nas características das egrégoras voltadas para o bem, pois, da mesma forma, existem egrégoras que atuam para criar sentimentos como o medo e a raiva, formadas por energias extremamente negativas, os quais você não desejaria participar. O medo do desemprego, a raiva por determinados grupos, a crença de existem pessoas inferiores a nós, todos estas são exemplos de egrégoras negativas que infelizmente são alimentadas ainda por milhares de pessoas.

Equipes Espirituais de Apoio

Todo local de atendimento espiritual conta com uma equipe fixa, entidades designadas para tal local. São espíritos que dirigem e trabalham fixos do local. Porém, a grande maioria das entidades são variáveis. Isto porque os centros de atendimento espirituais (que podem ser desde uma sala de reiki até grandes centros que reúnem milhares de pessoas) entram num sistema de classificação dentro da espiritualidade, de acordo com sua capacidade de atendimento, serviços oferecidos, entre outras características. Os serviços oferecidos tem a ver com a diversidade de médiuns, assim como a qualidade e características da energia presente, entre outros fatores. Estes locais então tornam-se pontos de apoio para diversas entidades, de inúmeras falanges do bem, de postos espirituais diversos, que programam-se para realizarem seus trabalhos de acordo com as necessidades mais preementes.

Por exemplo, da mesma forma que seu cliente agenda um horário com você, ou um assistido comparece a um centro espiritual específico, também os mentores agendam suas idas aos locais de atendimentos, de acordo com suas tarefas e missões. Por isso que parte do fluxo nestes locais consistem de “flutuantes”, que apenas aparecem para trabalhos específicos e pontuais, podendo em outro momento visitar outros centros, tornando tudo muito dinâmico.

Por hora são estes conhecimentos que venho compartilhar. Fiquem em paz, irmãos, e procurem sempre alimentar suas egrégoras com muita luz, amor e fraternidade, ao próximo e a si mesmos.

Autor: Johan, Guardião dos Registros Akáshicos
Local e Data: São Paulo, 16/09/2016
Canal: Mirela

Artigo original publicado em:  http://ascensaoespiritual.com.br/artigos/canalizacoes/os-trabalhos-holisticos-as-egregoras-e-as-equipes-de-apoio-espirituais/

 

Comentários:

comentários